Túmulo de guerreiro viking canhoto é encontrado na Noruega


Escavações feitas na Noruega encontraram o que pode ser restos mortais de um guerreiro viking canhoto. O grupo de túmulos é datado dos séculos IX ou X. De fato, a maioria das espadas encontradas nas sepulturas vikings ficam no lado direito. Só que neste caso em específico ela estava no lado esquerdo.

Normalmente os vikings seguravam a espada em uma das mãos e um escudo na outra. Os destros possuíam a bainha pendurada no lado esquerdo para facilitar o saque da espada. Quando eles morriam eram enterrados com a bainha no lado direito. Praticamente como se fosse um espelho.

Restos mortais de uma mulher surpreendem

A área está sendo escavada por pesquisadores da Universidade Norueguesa de Ciência e Tecnologia (NTNU). Além do possível viking canhoto, encontraram também o que pode ser cinzas de uma mulher. Assim, a guerreira seria uma das primeiras e os arqueólogos sugeriram isso com base na presença de itens como uma tesoura e contas coloridas.

O trabalho está sendo feito antes da expansão de uma rodovia na cidade de Vinjeøra. Chama atenção que os restos mortais do que seria uma mulher pesa mais do que 2 quilos. Enquanto a maioria dos cemitérios da Idade do Ferro tem somente meio quilo. Neste caso, é um cemitério compartilhado.

Guerreiro viking canhoto não é comum

O guerreiro canhoto foi enterrado com algumas armas ao seu lado. Assim, machado, lança, escudo e espada foram instrumentos deixados ao seu lado. Boa parte dos vikings eram fazendeiros e eles deveriam comprar armas como estas.

“A ideia é que esta localização deve refletir algumas crenças que foram importantes nos ritos mortuários”, disse o gerente de escavação Raymond Sauvage, arqueólogo da NTNU. Isso tem uma justificativa. “Vários arqueólogos, portanto, acreditam que isso pode refletir a crença de que eles entendiam que a vida após a morte era um espelho do mundo normal”.

A espada achada desta vez tem cerca de 1.100 anos e mede praticamente um metro de comprimento. Além disso, seu antigo dono provavelmente lhe usava com a mão esquerda.

A idade e o sexo dos indivíduos podem ser descobertas em futuras pesquisas. Enquanto isso, a espada deverá ser levada a um laboratório de conservação. Por fim, ela será examinada com raio-X que vai determinar os segredos que carrega.

Com informações de Smithsonian Magazine.

Queremos nos tornar a maior referência em educação científica do Brasil e na língua portuguesa. Para isso, precisamos pagar os melhores jornalistas, revisores e freelancers de ciência. Fazendo uma doação mensal em nosso , você nos ajuda a nos manter independentes e continuar o nosso trabalho sem percalços. 



Fonte Socientifica