Casa Ciências Temos um gene capaz de regenerar a retina, diz pesquisa

Temos um gene capaz de regenerar a retina, diz pesquisa

por Alberto Lima


Você sabia que alguns peixes conseguem regenerar o tecido dos olhos? É o caso do pequeno peixe-zebra, que pode recuperar a sua retina em caso de ferimento. Agora, os cientistas descobriram que nós possuímos alguns dos genes que dão ao peixe-zebra essa capacidade.

A retina e a visão

A retina é a parte de nossos olhos que reage à luz. Ela contém detectores de luz, células, além de neurônios e sinapses que transmitem as informações recebidas ao nosso cérebro.

Durante o desenvolvimento, esse tecido se forma a partir do cérebro. De fato, é o tecido cerebral que fica na parte de trás dos nossos olhos, constituindo uma parte do nosso sistema nervoso central.

Além disso, a retina também possui células da glia, que desempenham vários papéis importantes como limpar neurotransmissores, armazenar moléculas importantes e ativar células do sistema imunológico quando necessário.

O peixe em questão é capaz de regenerar a sua retina em caso de ferimento, impedindo a cegueira.

Micrografia falsamente colorida de um olho de embrião de peixe-zebra. (Younger et al. ELife, 2019 / CC BY 4.0)

Compartilhamos o gene de regeneração da retina

É fato que compartilhamos 70% dos nossos genes com os peixes-zebra, e os cientistas acabam de descobrir que entre os genes compartilhados estão aqueles que dão a capacidade de regeneração.

peixe-zebra

Mas, infelizmente, nós não somos capazes do mesmo, e portanto danos à retina são a principal causa de cegueira, afetando milhões de pessoas em todo o mundo.

VEJA MAIS: Cientistas usam CRISPR na tentativa de curar a cegueira

No caso de alguns animais como o peixe-zebra, esse tecido é regenerável, enquanto nos mamíferos essa capacidade não se faz presente.

Temos os genes capazes de regenerar a retina
(Imagem: Mirko_Rosenau)

O neurocientista Seth Blackshaw, da Universidade de Johns Hopkins, deu algumas explicações sobre o porquê disto acontecer.

“A perda dessa capacidade [regeneração] aconteceu em vários pontos da árvore evolucionária. Nossa pesquisa indica que o potencial de regeneração existe em mamíferos, incluindo humanos, mas alguma causa evolutiva o desativou.” – Seth Blackshaw

Apesar da cegueira ainda ser um grande problema em todo o mundo, a ideia de uma retina substituta permanece por enquanto distante. De acordo com os especialistas, o sistema em torno dos olhos é bastante complexo, envolvendo vários mecanismos independentes, que precisam ser mais explorados. No entanto, compreender a regeneração desses peixes pode nos ajudar a entender melhor o gene que dá essa capacidade. Um dia, quem sabe, poderá permitir que os cientistas consigam reparar, com mais sucesso, a visão danificada.

O estudo foi publicado na revista Science.



Fonte Socientifica

Postagens Relacionadas

Deixe um comentário

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Assumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar, se desejar. Aceitar Leia mais

Política de privacidade e cookies