Casa Tecnologia Setel ficará encarregada de apoiar políticas de conectividade de outras pastas

Setel ficará encarregada de apoiar políticas de conectividade de outras pastas

por Alberto Lima


O Ministério das Comunicações publicou nesta quarta-feira, 11, Portaria que incube às Secretaria de Telecomunicações (Setel) a tarefa de apoiar outros Ministérios em políticas públicas de conectividade em banda larga. Atualmente, a secretaria está sob o comando e Artur Coimbra.

Pela Portaria, o Ministério das Comunicações atuará para promover o acesso aos serviços de conectividade em banda larga em:

  • escolas, universidades e demais instituições de ensino indicadas pelo Ministério da Educação;
  • rotas de integração nacional e arranjos produtivos objetos de políticas públicas pelo Ministério do Desenvolvimento Regional;
  • sistemas e corredores prioritários de logística indicados pelo Ministério da Infraestrutura;
  • hospitais, unidades de saúde familiar e demais estabelecimentos de saúde indicados pelo Ministério da Saúde;
  • rotas e pontos turísticos indicados pelo Ministério do Turismo; e
  • assentamentos e outras áreas agrícolas produtivas indicados pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento.

Outras áreas identificadas pelo Secretário de Telecomunicações poderão ser alvo de políticas de conectividade. A Setel tem até 60 dias após a entrada em vigor da Portaria publicada no DOU desta quarta-feira para apresentar um plano de ação para o atendimento às ações de políticas de conectividade de banda larga nas áreas definidas como prioritárias. A Portaria entre em vigor a partir do dia 1º de dezembro deste ano.



Fonte Teletime

Postagens Relacionadas

Deixe um comentário

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Assumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar, se desejar. Aceitar Leia mais

Política de privacidade e cookies