Casa Ciências Se o tubarão parar de nadar ele morre? Mito ou verdade?

Se o tubarão parar de nadar ele morre? Mito ou verdade?

por Alberto Lima


O mundo animal possui inúmeros questionamentos que nos fazem refletir em como a natureza é incrível. O tubarão é um dos animais mais temidos dentro do mar e a rapidez com a qual ele nada até chegar a sua presa é impressionante. No entanto, por se tratar de um animal marinho, ele está sempre nadando. Mas, o que aconteceria caso ele resolvesse deixar as suas barbatanas imóveis por apenas alguns segundos?

Nadar para não morrer?

Essa é uma ideia errônea que vem sendo repassada ao longo dos anos, pois sempre que observamos esse animal ele está em constante movimentação. Mas, por trás dessa história popular, existem algumas explicações científicas que podem sanar quaisquer dúvidas acerca desse mito.

LEIA TAMBÉM: Como o canibalismo no útero desenvolveu o tubarão gigante megalodon

Assim como os peixes, os tubarões adquiriram algumas características desse grupo, sendo a principal delas, a respiração branquial. Esse mecanismo funciona devido a presença das brânquias, situada nas laterais de sua cabeça, bem próximas da barbatana lateral. Essas fendas braquiais são as responsáveis pelas trocas gasosas.

Oxigênio sendo capturado e indo em direção aos capilares presentes no coração. É nos capilares que ocorrem as trocas gasosas. (Dutch Shark Society)

Dessa forma, é com essas pequenas aberturas que ocorre a captura do oxigênio presente na água e em seguida, libera gás carbônico. É válido ressaltar que esse mecanismo tende a ocorrer de forma diferenciada entre uma espécie de tubarão para outra.

LEIA TAMBÉM: Vídeo mostra rêmoras surfando em cima de baleias azuis

Nos tubarões-lixa e cabeça-chata, a respiração acontece usando o bombeamento bucal, uma vez que se trata de espécies que não são nadadores ativos. No bombeamento bucal, a água tende a passar pela boca e nas cavidades operculares criando uma pressão positiva. Esse mecanismo é mais usando quando os animais precisam descansar.

Como o mecanismo de respiração pode matar um tubarão?

A ventilação ram é um outro meio que algumas espécies possuem para realizar a troca gasosa com o meio enquanto estão nadando. Essa opção será viável somente para os nadadores mais ativos, como por exemplo, os tubarões-brancos, mako, baleia e mais outras 17 espécies.

LEIA TAMBÉM: Cientistas flagram tubarão mais antigo dos oceanos em vídeo

Portanto, esses animais mais ativos, viriam a óbito caso parassem de nadar, ou optassem pelo bombeamento bucal. No caso dos tubarões-tigre, eles conseguem fazer alternações entre um mecanismo de respiração e outro, e mesmo assim, continuarem vivos. O mesmo ocorre com as espécies de tubarão achatados.

Quando estão no fundo do oceano, esses indivíduos acabam não conseguindo respirar por meio do bombeamento bucal, e caso resolva descansar, irão morrer. A pressão da água é um fator de grande influência no modo de vida desses animais, principalmente para aqueles que visitam as profundidades dos oceanos.

espiráculo de um tubarão
Orifício que ajuda a manter um fluxo de água constante pelas fendas branquiais. (Dutch Shark Society)

No caso dessas espécies, eles possuem um outro orifício que os ajuda a permanecerem vivos, mesmo quando estão nadando mais ao fundo. Essa abertura, também chamado de espiráculo, fica localizada atrás dos olhos e carrega consigo a responsabilidade de conduzir a água para dentro e fora das fendas branquiais.

Então, quando um tubarão precisa de um momento para descansar, mesmo assim ele não fica completamente imóvel. Uma vez que o fluxo de água estará circulando normalmente durante esse período. Dessa forma, apesar de ser um questionamento feito por muitas pessoas, ele é parcialmente incorreto. Ou seja, esse animal não morre por parar de nadar, mas sim, a depender de qual mecanismo está sendo utilizado nesse momento.

Com informações da Live Science e Dutch Shark Society.



Fonte Socientifica

Postagens Relacionadas

Deixe um comentário

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Assumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar, se desejar. Aceitar Leia mais

Política de privacidade e cookies