Casa Esportes Santos anuncia retorno de Robinho e corre para registrar atacante

Santos anuncia retorno de Robinho e corre para registrar atacante

por Alberto Lima


Robinho está de volta ao Santos. O atacante de 36 anos foi anunciado neste sábado (10) à noite como o novo reforço do Peixe para a sequência da Série A do Campeonato Brasileiro e da Libertadores. O atleta retorna pela terceira vez ao clube que o revelou. A última passagem foi entre 2014 e 2015. Em agosto, ele deixou o Istambul Basaksehir, da Turquia.

“Aqui sempre foi a minha casa. Meu objetivo é ajudar dentro e fora de campo, e fazer o Santos voltar ao lugar mais alto, que é de onde nunca deveria ter saído. Sensação maravilhosa de poder voltar ao clube que me projetou para o futebol. Foi aqui onde eu cresci. Sempre sonhei em ser jogador e foi o Santos que tornou tudo isso possível”, disse Robinho, em nota oficial divulgada pelo Alvinegro.

O jogador esteve no Centro de Treinamento Rei Pelé, do Santos, no período da tarde, onde acertou os detalhes do contrato. O vínculo tem validade de cinco meses e, segundo o clube, ele receberá um valor considerado simbólico, de R$ 1,5 mil por mês. Ainda conforme o Peixe, a contratação teve aval do Conselho Fiscal e do Conselho Deliberativo.

“O Santos vive um momento difícil financeiramente. Então essa é a hora de quem pode fazer alguma coisa. O Santos fez muito por mim e essa retribuição ainda é pouco. Vou jogar por um salário mínimo, mas o mais importante é estar aqui. Estou bem fisicamente e mentalmente, obviamente ainda falta um pouco de ritmo, mas isso com o tempo a gente vai evoluindo aos poucos”, afirmou o atacante.

Destaque santista nas conquistas dos títulos brasileiros de 2002 e 2004, Robinho tem 246 partidas e 109 gols pelo clube. Em 2005, ele foi negociado com o Real Madrid, da Espanha, voltando em 2010, emprestado pelo Manchester City, da Inglaterra. Na ocasião, integrou a equipe campeã paulista e da Copa do Brasil em 2010, ao lado do meia Paulo Henrique Ganso e do atacante Neymar. A passagem mais recente, entre 2014 e 2015, quando foi cedido pelo Milan, da Itália, teve como ápice o título paulista de 2015.

Condenação

Em 2017, Robinho foi condenado pela Justiça italiana a nove anos de prisão. Ele é acusado de um suposto crime de violência sexual contra uma mulher de origem albanesa, ao lado de outros cinco homens, que teria sido cometido em 2013. Na ocasião, o atacante defendia o Milan. A defesa do atleta, que garante não ter “qualquer participação no episódio mencionado”, conforme nota divulgada em 2014, entrou com recurso.

Contra o tempo

O clube tem até segunda-feira (12) para registrar o atleta no Boletim Informativo Diário (BID) da Confederação Brasileira de Futebol (CBF). A partir de terça-feira (13), entra em vigor uma punição imposta pela Fifa pelo não pagamento de uma dívida com o Huachipato, do Chile, pela contratação do atacante Yeferson Soteldo, em 2019. Enquanto não quitá-la, o Alvinegro não será autorizado a registar novos jogadores.

Na sexta-feira (9), o Santos foi liberado de uma punição semelhante ao se acertar com o Hamburgo, da Alemanha. A equipe paulista devia 4,5 milhões de euros (quase R$ 29,5 milhões, na cotação atual) da contratação do zagueiro Cleber Reis, em 2017. Os alemães aceitaram receber 3,1 milhões de euros (pouco mais de R$ 20 milhões). Dois milhões de euros já foram pagos, segundo o clube. O restante ainda será empenhado.



Fonte EBC

Postagens Relacionadas

Deixe um comentário

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Assumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar, se desejar. Aceitar Leia mais

Política de privacidade e cookies