Revelado o verdadeiro tamanho do temido Megalodon


Qual era o verdadeiro tamanho do megalodon? Um estudo feito por pesquisadores do Reino Unido promete responder essa questão. Assim, eles usaram a tecnologia para mostrar o tamanho do antigo gigante dos mares. Aliás, é possível ver até mesmo saber como o animal era em diferentes partes da vida.

O tubarão possuía dentes do tamanho de uma mão. Além disso, a nadadeira tinha a altura de um homem adulto. Os números foram obtidos após cálculos baseados em pequenos fósseis dos dentes do animal.

Pesquisadores da Universidade de Bristol, na Inglaterra e da Universidade de Swansea, no País de Gales foram os responsáveis pelo trabalho.

Verdadeiro tamanho do megalodon finalmente revelado

Mas, qual era o verdadeiro tamanho do megalodon? Conforme os pesquisadores, o animal podia medir até 18 metros de comprimento e pesava nada menos do que 48 toneladas. Nenhum tubarão conhecido atualmente é tão grande. De fato, tinha o dobro de tamanho do tubarão branco.

A sua força de mordida era equivalente a 10 toneladas, superando a do tubarão branco em duas toneladas. Além disso, a cauda media 3,85 metros de comprimento e a nadadeira 1,62 metros.

A equipe chegou a estes resultados após comparar os restos dos dentes do gigante com o de espécies modernas de tubarão. Aliás, todos os membros destes animais crescem de modo proporcional ao longo da vida. Dessa forma, é possível saber como o animal se desenvolvia.

verdadeiro tamanho do megalodon
Uma representação do Megalodon em Puebla, no México. (Imagem: Wikimedia Commons)

Como os megalodons se alimentavam?

Provavelmente eles se alimentavam com pequenas baleias e pinípedes – como as focas, morsas e leões marinhos. Além disso, o animal possui o nome científico Carcharocles megalodon, que significa “dentes gigantes”, quase três vezes maiores que os de um tubarão branco atual.

“Foram encontrados alguns fósseis com grandes marcas de mordidas serrilhadas que incriminariam Megalodon como o atacante”, disse o paleontólogo Jack Cooper, líder do estudo. Conforme ele, o animal viveu entre 3 milhões e 23 milhões de anos atrás.

(Imagem: Nature)

Será que ainda existe algum deles vivo?

Em 2014 pesquisadores da Universidade de Zurique estudaram fósseis do megalodon. Dessa forma, simulações apontaram que existe 1% de chance de que ainda existam espécimes do animal. Mesmo assim, a ideia é rejeitada por estudiosos da área.

De fato, não existem evidências de que ainda existam exemplares do animal. Mas, quem gosta de filmes pode curtir “The Meg” ou “Megatubarão”. É uma produção de 2018 e estrelada por Jason Statham, que apresenta o que seria o megalodon.

O estudo foi publicado na revista Scientific Reports.

Queremos nos tornar a maior referência em educação científica do Brasil e na língua portuguesa. Para isso, precisamos pagar os melhores jornalistas, revisores e freelancers de ciência. Fazendo uma doação mensal em nosso , você nos ajuda a nos manter independentes e continuar o nosso trabalho sem percalços. 



Fonte Socientifica