Casa Ciências Restauração de arte feita na Espanha torna estátua irreconhecível

Restauração de arte feita na Espanha torna estátua irreconhecível

por Alberto Lima


A restauração de uma obra de arte espanhola certamente foi um trabalho malsucedido. Ficou tão extraordinariamente errada, que virou alvo de piadas diversas: parece que derreteu com o calor, poderia ser o Forky de Toy Story 4, ou talvez uma figura de argila feita por uma criança no pré-escolar. Até comparada ao Donald Trump a estátua foi.

Em mais uma restauração mal feita, uma estátua espanhola do século 20 de uma mulher sorridente ao lado do rebanho de gado se transformou em uma protuberância de aparência um pouco confusa. Agora, representa dois buracos como olhos, um nariz de botão e uma boca careta.

Mas ela já foi elegante ao ser inaugurada em 1923. A estátua foi esculpida na fachada de um banco na cidade de Palência, norte do país, de acordo com o jornal The Art Newspaper.

Estátua mal restaurada

O primeiro artista que apontou a restauração de obra de arte mal feita foi Antonio Guzmán Capel, em um post do Facebook. Ele comentou ter certeza de que alguém foi pago para isso e o maior crime foi cometido pela pessoa que o comissionou como se nada estivesse errado.

Infelizmente, essa é mais uma restauração malsucedida na Espanha. Existe uma longa série de esforços como esse trabalho feito de maneira desastrosa.

Em 2012, um membro da igreja de 81 anos repintou um afresco de Jesus do século 19. Ele acabou parecendo um macaco e ganhou o apelido de “Cristo Macaco”, segundo a NPR.

Cópia da pintura da Imaculada Conceição de Murillo restaurada (imagem do tweet de Mark Rees)

Já em 2018, outro “restaurador” claramente amador pintou uma estátua espanhola de madeira do século 15 da Virgem Maria, Santa Ana e o menino Jesus em cores neon, ainda de acordo com a NPR. No início deste ano, um restaurador de móveis transformou uma cópia da famosa pintura da Virgem Maria, feita pelo artista espanhol Bartolomé Esteban Murillo, em uma bagunça irreconhecível e borrada.

Portanto, os especialistas em conservação exigem regulamentos mais rígidos para as restaurações, falando que essas não são restaurações profissionais. Conforme escreveu no Twitter a Associação Profissional de Restauradores e Conservadores da Espanha.

O conservador Illanos Argudo, de Valência, lembra que restaurar não é reparar. Intervenções sérias seguem critérios aprovados internacionalmente, assim como os aplicados pelo IPCE (Instituto do Patrimônio Cultural da Espanha) e outras entidades credenciadas que existem na Espanha, afirmou.

Restaurações famosas em redes sociais

Capel disse à CNN que ele ainda não identificou quem encomendou ou executou esse último trabalho. Ele comentou não entender por que permitem isso, “não me parece normal”, disse o artista.

Restauradores profissionais ecoaram a avaliação de Capel, postando nas redes sociais como forma de denunciar a tentativa amadora.

Cristo Macaco
“Cristo Macaco”. Tweet de Mark Rees

A hashtag #IsNotARestoration foi lançada pela Associação Profissional de Conservadores e Restauradores da Espanha (ACRE) no Twitter com o objetivo de divulgar que essas são intervenções não profissionais.

Concluindo, a lei espanhola hoje permite a amadores o conserto de obras de arte históricas. Mas Fernando Carrera, ex-presidente do ACRE, compara com médicos e outras profissões, em protesto. Não é qualquer um que opera uma pessoa, ou vende remédios sem a licença do farmacêutico. Ainda mais, quem não é arquiteto não constrói edifícios.





Fonte Socientifica

Postagens Relacionadas

Deixe um comentário

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Assumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar, se desejar. Aceitar Leia mais

Política de privacidade e cookies