Probióticos e prebióticos: qual é a diferença?


Probióticos e prebióticos são muito importantes para a nutrição e desempenham papéis diferentes na sua saúde, embora pareçam semelhantes.

Basicamente, os probióticos são bactérias benéficas e os prebióticos são alimentos para essas bactérias.

Nesse artigo, vamos explicar melhor o que você precisa saber sobre os dois.

O que são probióticos e prebióticos?

Os dois são importantes para a saúde humana. No entanto, eles têm funções diferentes:

  • Probióticos: são bactérias vivas encontradas em alguns alimentos e suplementos. Eles podem fornecer vários benefícios à saúde.
  • Prebióticos: são substâncias que vêm de tipos de carboidratos (principalmente fibras) que nós não conseguimos digerir. As bactérias benéficas em seu intestino comem essa fibra.

As bactérias intestinais, chamadas de flora intestinal ou microbiota intestinal, desempenham muitas funções em nosso corpo.

Balancear as quantidades de probióticos e prebióticos pode ajudar a garantir que você tenha o equilíbrio correto dessas bactérias para manter a flora intestinal saudável.

VEJA TAMBÉM: Estes alimentos e bebidas te ajudam a dormir melhor

As bactérias intestinais são benéficas?

As bactérias boas no trato digestivo ajudam a protegê-lo de bactérias e fungos nocivos.

Um estudo de 2013 da Trust Source sobre bactérias no intestino confirma que uma grande variedade do bom tipo de bactéria pode ajudar nas funções do sistema imunológico, melhorar os sintomas de depressão e ajudar a tratar a obesidade, entre outros benefícios.

intestino

Além disso, algumas bactérias intestinais formam vitamina K e ácidos graxos de cadeia curta.

Por exemplo, os ácidos graxos de cadeia curta são a principal fonte de nutrientes das células que revestem o cólon. Ainda promovem uma forte barreira intestinal que ajuda a impedir a entrada de substâncias nocivas, vírus e bactérias.

Isso também ajuda a reduzir a inflamação e pode também ter potencial para reduzir o risco de câncer.

Logo, os alimentos que você ingere desempenham um papel importante no equilíbrio das bactérias intestinais boas e ruins.

Quais são os alimentos probióticos e prebióticos?

Até aqui, já sabemos que manter o equilíbrio das bactérias intestinais é importante para muitos aspectos da saúde.

Agora, vamos conhecer alguns dos alimentos probióticos e prebióticos.

7 alimentos que são probióticos

iogurte

Existem muitos alimentos probióticos que naturalmente contêm bactérias úteis.

Assim como alimentos fermentados são outra ótima opção também, porque têm bactérias benéficas que se desenvolvem com o açúcar ou a fibra natural dos alimentos.

Vamos aos exemplos:

  1. Iogurte;
  2. Chucrute;
  3. Kimchi;
  4. Chá de kombuchá;
  5. Kefir (leite e não lácteo);
  6. Alguns tipos de picles (não pasteurizados);
  7. Outros vegetais em conserva (não pasteurizados).

6 alimentos que são prebióticos

cebolas e alhos

Antes de comprar suplementos prebióticos, saiba que muitos alimentos os contêm naturalmente.

Isso porque os prebióticos são tipos de fibras encontrados em vegetais, frutas e legumes.

Alguns alimentos ricos em fibras prebióticas:

  1. Bananas;
  2. Alho;
  3. Alho-poró;
  4. Cebolas;
  5. Aspargos;
  6. Aveia.

Devo tomar probióticos em cápsulas?

Eles são muito populares e fáceis de encontrar, mas geralmente não vêm com fontes de alimentos fibrosos para alimentar as bactérias, o que pode prejudicar sua eficácia se você não estiver comendo também esses alimentos.

Alguns suplementos probióticos são projetados para transportar as bactérias por todo o caminho até o intestino grosso para ter melhores efeitos, mas outros não passam do ácido do estômago.

No entanto, as cepas certas de probióticos podem ser incrivelmente benéficas para algumas pessoas.

Sempre depende e, por isso, você precisa consultar um profissional de saúde para se certificar e conhecer melhor os probióticos.

Também é preciso conversar com seu médico para equilibrar a quantidade certa de alimentos probióticos e prebióticos. É possível exagerar ou ter efeitos colaterais.

Informações da Healthline.

 

Queremos nos tornar a maior referência em educação científica do Brasil e na língua portuguesa. Para isso, precisamos pagar os melhores jornalistas, revisores e freelancers de ciência. Fazendo uma doação mensal em nosso , você nos ajuda a nos manter independentes e continuar o nosso trabalho sem percalços. 



Fonte Socientifica