Casa Ciências Primeiros hominídeos usaram fontes termais para cozinhar alimentos?

Primeiros hominídeos usaram fontes termais para cozinhar alimentos?

por Alberto Lima


Quando os primeiros hominídeos passaram a cozinhar carne, tiveram acesso a muito mais nutrientes e energia. Isso foi fundamental para que o cérebro se desenvolvesse, mas talvez eles não tenham usado apenas o fogo para isso. Um novo estudo sugere que nossos ancestrais podem ter usado fontes termais naturais para ferver carne.

Diversas fontes termais foram descobertas perto de antigos assentamentos de hominídeos, onde se estabeleceram por volta de 1,8 milhão de anos atrás. Esse período é muito mais antigo do que o controle do fogo.

Conforme esse estudo desenvolvido por arqueólogos do Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT) e da Universidade de Alcalá, na Espanha, isso não é coincidência. Nossos ancestrais aproveitaram estes ambientes para preparar alimentos.

Primeiros hominídeos e as fontes termais

As fontes eram capazes de ferver a água em mais de 80ºC. Os pesquisadores descobriram que as aberturas estavam muito próximas dos primeiros assentamentos humanos encontrados com ferramentas de pedra e ossos de animais. Então, isso leva a crer na possibilidade de que elas realmente eram usadas para esquentar carne.

Pesquisadores escavando em uma região de Olduvai Gorge, um sítio arqueológico na Tanzânia onde restos de assentamentos humanos foram previamente desenterrados. (Imagem: Fernando Diez-Martin)

Essa ideia começou a ser debatida em 2016, durante uma expedição arqueológica no desfiladeiro de Olduvai, na Tanzânia. Eles coletaram uma camada de rocha exposta de 3 quilômetros de comprimento, com idade de 1,7 milhão de anos. Era diferente da camada de argila escura que estava logo abaixo, mais antiga, de 1,8 milhão de anos.

Descobriram ainda sinais de lipídios produzidos por bactérias que viviam nas fontes termais do Parque Nacional de Yellowstone. É um indicativo de que as fontes estavam borbulhando quando os hominídeos começaram a se estabelecer na região. “Eles não cozinhariam, a menos que a temperatura estivesse acima de 80°C”, explicou o professor Roger Summons, do MIT.

Quando descobrimos o fogo?

Conforme os arqueólogos, as descobertas indicam que os ancestrais humanos usavam fontes termais para cozinhar alimentos. Ainda assim, discussões sobre o tema continuam abertas. Será que cozinhavam raízes e tubérculos? Ou apenas carne?

Outro detalhe importante: a descoberta do fogo pela humanidade é algo contestado. Assim, alguns dizem ter sido há cerca de 1 milhão de anos. Mas, com essa nova teoria que explica o cozimento de alimentos nas fontes termais, hominídeos podem ter conquistado acesso aos nutrientes muito antes do imaginado.

As descobertas foram publicadas no Proceedings of the National Academy of Sciences.

Queremos nos tornar a maior referência em educação científica do Brasil e na língua portuguesa. Para isso, precisamos pagar os melhores jornalistas, revisores e freelancers de ciência. Fazendo uma doação mensal em nosso , você nos ajuda a nos manter independentes e continuar o nosso trabalho sem percalços. 



Fonte Socientifica

Postagens Relacionadas

Deixe um comentário

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Assumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar, se desejar. Aceitar Leia mais

Política de privacidade e cookies