Casa Ciências Nuvem sobre as montanhas impressiona em concurso de fotos

Nuvem sobre as montanhas impressiona em concurso de fotos

por Alberto Lima


Este disco parece com um OVNI, mas é um fenômeno comum no qual o vento encontra montanhas. Na foto, vemos um disco branco pairando sobre os picos de El Chaltén, no sul da Argentina. Ela participou de um concurso com fotos do tempo.

Enquanto o vento sacode as árvores próximas, o disco permanece fixo acima do cume, ancorado no céu como uma nave inspecionando as colinas.

Essa estranha nuvem é mais conhecida nos círculos meteorológicos como uma nuvem lenticular em pé. Apesar de estranha, o fenômeno climático é relativamente comum em regiões montanhosas como El Chaltén ou as Montanhas Rochosas no Estados Unidos.

São locais onde os ventos ricocheteiam em altas velocidades sobre um pico alto, criando essa formação de nuvem em forma de lente ou disco distinta no alto do céu.

Concurso de fotógrafo do ano 2020

O fotógrafo Francisco Javier Negroni Rodriguez foi um dos finalistas do concurso de fotógrafo do ano 2020 da Royal Meteorological Society (RMS). Não foi nada fácil ter essa foto e o fotógrafo teve que esperar a maior parte do dia para capturar a nuvem em sua glória.

Ele contou que uma hora antes de tirar a fotografia, ele estava caminhando pelas trilhas em volta da formação rochosa, mas o dia estava muito nublado. Aparentemente, a sorte não estava com Negroni Rodriguez, conforme relatou para a RMS. Só em um momento, as nuvens permitiram ver El Chatén. Para sua surpresa, havia uma nuvem lenticular espetacular e brilhante com uma figura linda e perfeita que nunca tinha visto.

Estranha nuvem sobre a montanha El Chalten, na Argentina (Francisco Javier Negroni Rodriguez)

Esse tipo de nuvem se forma quando um vento forte sopra na lateral de uma montanha, arranha-céu ou outra obstrução alta, de acordo com o Serviço Meteorológico Nacional.

O que acontece é que a montanha desvia o vento, forçando-o a formar uma onda que atinge o topo da montanha, mergulha do outro lado e sobe novamente. Nas partes ascendentes da onda, o ar esfria até se condensar em nuvens. Quando o ar desce novamente no lado descendente da onda, a nuvem evapora.

O resultado é essa nuvem estacionária empoleirada no topo da crista da onda, esculpida em forma de disco pelo vento que constantemente sobe e desce dentro dela.

A foto de Negroni Rodriguez se junta a outros 25 finalistas do concurso RMS, copatrocinado pela AccuWeather. Embora a nuvem alienígena não tenha ficado entre os três vencedores do grande prêmio de fotos do tempo anunciados na data de 17 de outubro, a foto teve 7.700 acessos, de acordo com o RMS.

Veja outros finalistas impressionantes

  • Primeiro colocado: Vu Trung Huan – foto Tea Hills
Tea Hills
Tea Hills. (Vu Trung Huan)
  • Segundo colocado: Maja Kraljik – foto Monster
Monster
Monster – (Maja Kraljik)
  • Segunda colocada na categoria Jovem Fotógrafa do Tempo foi Emma Rose Karsten – foto Surf’s Up.
Surf's Up
(Emma Rose Karsten)

Os vencedores foram anunciados no dia 17 de outubro, em conferência virtual RMetS WeatherLive: Passado, Presente e Futuro – Comemorando 170 anos da Royal Meteorological Society.

Os vencedores e finalistas do Weather and Young Weather Photographer of the Year 2020 viraram calendário 2021, que já está a venda na loja online da RMetS.





Fonte Socientifica

Postagens Relacionadas

Deixe um comentário

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Assumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar, se desejar. Aceitar Leia mais

Política de privacidade e cookies