Casa Tecnologia Minicom leva WiFi na Praça para Ilha do Marajó usando o SGDC

Minicom leva WiFi na Praça para Ilha do Marajó usando o SGDC

por Alberto Lima


O Ministério das Comunicações lançará nesta sexta-feira, 9, uma série de ações para levar conectividade para a região do Marajó, no estado do Pará. Dentre as iniciativas, está a ativação de mais um ponto do “WiFi na Praça”, projeto que permite o acesso gratuito e ilimitado à Internet por meio de antena satelital instalada pela Telebras em parceria com a Viasat em praças públicas de comunidades com baixíssima ou inexistente conexão de internet.

O projeto conta com uma antena conectada ao Satélite Geoestacionário de Defesa e Comunicações Estratégicas (SGDC), fornecendo uma conexão de 20 Mbps com cobertura em um raio de 200 metros disponível a qualquer cidadão.

A comunidade de Corcovado, no munícipio de Breves, na Ilha de Marajó, é a segunda localização no país a receber a ativação do projeto. O primeiro WiFi na Praça foi implementado no município de Angélica, comunidade rural do Rio Grande do Norte, em agosto deste ano. O programa está vinculado ao Governo Eletrônico – Serviço de Atendimento ao Cidadão (Gesac), e ainda está em fase de avaliação, segundo o governo.

O ministro das Comunicações, Fábio Faria, divulgou a agenda no Marajó no seu Twitter.

Cobertura 4G

Faria também anunciará a implementação da cobertura banda larga móvel com tecnologia 4G em seis localidades no interior da Ilha de Marajó. Grande parte, em área rural. Serão beneficiados os distritos de Mainard, Câmara do Marajó, Retiro Grande, Piriá, São Miguel do Pracúba e Joanes, alcançando mais de sete mil habitantes.

Faria disse que a ação é um compromisso assumido pelas operadoras, a partir do Plano Geral de Metas de Universalização (PGMU), aprovado pelo Decreto 9.619/2018. “As empresas de telefonia se tornam obrigadas a disponibilizar a cobertura, com toda a estrutura de acessibilidade, até 2023”, disse.

Além das seis localidades no interior da Ilha de Marajó, a cidade de Breves está dentre as contempladas no Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) celebrado entre Anatel e TIM que prevê a cobertura 4G financiado pela operadora em 350 municípios do Norte, Nordeste e Centro-Oeste do País. A estrutura de conexão deve estar concluída até 2022.

Gesac

Segundo o Ministério das Comunicações, a região do Marajó já conta com conexão do programa Gesac. Ao todo, são 94 pontos em todos os 12 municípios que compõe a ilha: em 84 Escolas, cinco Unidades de Saúde, dois Pontos de Fronteira, uma faculdade e uma biblioteca. De acordo com o balanço do Minicom, 79 pontos estão instalados em zonas rurais e 15 em zonas urbanas. O município de Breves conta com 34 pontos de internet banda larga via Gesac.



Fonte Teletime

Postagens Relacionadas

Deixe um comentário

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Assumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar, se desejar. Aceitar Leia mais

Política de privacidade e cookies