Casa Tecnologia Mercado de espectro, redes neutras e OCDE em pauta no Seminário ABDTIC dia 23. É Grátis

Mercado de espectro, redes neutras e OCDE em pauta no Seminário ABDTIC dia 23. É Grátis

por Alberto Lima


Acontece na próxima segunda, 23, o segundo dia do Seminário ABDTIC 2020. O evento é organizado pela Associação Brasileira de Direito das Tecnologias de Informação e das Comunicações, com realização da TELETIME. A programação do dia 23 terá sessões dedicadas à discussão sobre o mercado de espectro; as perspectivas regulatórias do ambiente de demanda por postes e redes neutras; e uma apresentação especial do secretário de telecomunicações do Ministério das Comunicações, Artur Coimbra, sobre o estudo da OCDE sobre o ambiente regulatória brasileiro. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas pelo site www.seminarioabdtic.com.br . O evento acontecerá ao longo do mês, com painéis na segunda, 23, e também no próximo dia 30. As palestras do primeiro dia do evento, 16, sobre tributação e transferência internacional de dados, estão disponíveis no site. 

Confirma as sessões e palestrantes da programação do dia 23:

09:00 às 10:30 – Novos caminhos para o Mercado de Espectro
Com o desenvolvimento da economia digital e crescimento no consumo de dados, o espectro de radiofrequências desempenha um papel central no aumento da capacidade da conectividade. Sendo um recurso escasso, é preciso adotar um modelo eficiente e competitivo de gestão e alocação das frequências. Em uma frente, a Lei 13.879/2019 abriu caminho para o mercado secundário do espectro. Em outra frente, em breve serão licitadas diferentes faixas e quantidades de espectro no leilão do 5G. Quais as tendências para uma gestão do espectro que facilite o acesso a este recurso? O que esperar da Anatel em questões como edital 5G, renovação sucessiva, mercado secundário e uso eficiente? Quais as expectativas do mercado? Quais modelos possíveis para o mercado secundário, de forma a torná-lo eficiente e atrativo?

Painelistas

  • Luiz Felippe Zoghbi (Spectrum Policy Manager da GSMA)
  • Hector Lopez Carbajal (Senior Consultant. da NERA Economic Consulting)
  • João Moura (Presidente Executivo da Telcomp)
  • Marcos Vinicius Ramos da Cruz (Gerente de Regulamentação Substituto da Anatel)
  • Monique Barros (diretora regulatória da Claro)
  • Moderação: Beatriz F. França (Mundie Advogados)
10:30 às 11:30 – Relatório da OCDE: diagnóstico e prognóstico

Nesta sessão, o Ministério das Comunicações apresenta os principais achados do relatório da OCDE sobre o ambiente normativo das comunicações no Brasil e aponta as formas com que as recomendações serão encaminhadas

Palestrante:

  • Artur Coimbra (secretário de telecomunicações do Ministério das Comunicações)
16:00 às 17:30 – Uma (velha) nova pauta para infraestrutura de telecom: antenas, postes, direito de passagem e NaaS.

A necessidade de expansão da infraestrutura de suporte aos serviços de telecomunicações se tornou ainda maior com a pandemia, evidenciando a relevância da discussão de uma realidade setorial desverticalizada. Neste painel, um debate sobre as bases e condições necessárias para acesso ao mercado, correto funcionamento e competição, bem como o regime jurídico aplicável a novas configurações de relacionamento no setor, como infraestrutura como serviço e software como serviço.

Painelistas
Fábio Casotti (Gerente de Monitoramento de Relações entre Prestadoras da Anatel)
Otto Solino (Coordenador-geral de Infraestrutura de Banda Larga do Ministério das Comunicações)
Abel Camargo (vice-presidente de estratégia e novos negócios da American Tower)
Luciene Pandolfo (VP Executiva e general counsel da Phoenix Tower)
Moderação: Eduardo Carvalhaes (Lefosse Advogados)



Fonte Teletime

Postagens Relacionadas

Deixe um comentário

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Assumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar, se desejar. Aceitar Leia mais

Política de privacidade e cookies