Casa Tecnologia EllaLink deve iniciar operação comercial em abril ou maio de 2021

EllaLink deve iniciar operação comercial em abril ou maio de 2021

por Alberto Lima


A operadora de cabos submarinos EllaLink atualizou para o segundo trimestre de 2021 a previsão de início da operação comercial do sistema internacional Brasil-Europa. O cronograma anterior da empresa foi afetado pela pandemia de covid-19.

Durante o primeiro dia da Futurecom, realizado nesta segunda-feira, 26, o CEO da EllaLink, Philippe Dumont, compartilhou a atualização sobre a implementação da rota – que ligará o Brasil e Europa a partir de Portugal. O projeto estaria 75% concluído, sendo que o cabo propriamente dito (de mais de 6 mil km) teve a fabricação concluída pela Alcatel Submarine Networks há uma semana.

Em março, a EllaLink havia reportado expectativa de iniciar operação comercial do cabo em dezembro de 2020, mas com a pandemia, o prazo agora passou para abril ou maio de 2021. Ainda assim, Dumont avalia que o impacto do covid-19 sobre os planos não foi tão grande. Com o novo prazo, a implementação completa do projeto terá levado dois anos.

Rotas

Com ramificações em países africanos como Marrocos, Cabo Verde e Mauritânia, o EllaLink deve chegar em Fortaleza utilizando as instalações de landing station da Telxius (subsidiária da Telefónica). Dumont revelou que o sistema também se conectará com a infraestrutura da Globenet e da Lumen (ex-CenturyLink) na capital cearense.

Já São Paulo e Rio de Janeiro terão pontos de presença (ou POPs) da operadora a partir de data centers da Equinix. A empresa ainda terá outros POPs na cidade portuguesa de Sines (landing station do cabo na Europa), assim como em Lisboa, Madrid, Marselha e Barcelona. Os caminhos devem permitir rotas mais rápidas para tráfego com a Ásia e a África.

Segundo Dumont, a arquitetura deve permitir uma latência de apenas 119 milissegundos (ms) entre São Paulo e Marselha a partir do sistema de cabos. Vale lembrar que a Telebras seria uma das sócias do EllaLink, mas deixou o projeto por falta de recursos.



Fonte Teletime

Postagens Relacionadas

Deixe um comentário

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Assumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar, se desejar. Aceitar Leia mais

Política de privacidade e cookies