Casa Ciências Curiosas abelhas noturnas encontradas em florestas tropicais da Austrália

Curiosas abelhas noturnas encontradas em florestas tropicais da Austrália

por Alberto Lima


As abelhas são muito importantes para o planeta. Elas são polinizadoras, o que quer dizer que elas ajudam a produzir boa parte do alimento que chega nas nossas mesas. Todavia, as abelhas são sobretudo conhecidas por seus hábitos diurnos. Acontece que cientistas descobriram abelhas noturnas na floresta tropical de Daintree, na Austrália.

O artigo publicado no dia 30 de outubro, na revista Journal of the Hymenoptera, mostrou as abelhas descobertas durante uma pesquisa noturna. Ainda assim, diversas espécies são adaptadas a sair durante a noite. Contudo, poucos estudos foram feitos sobre essa parte da população de abelhas da Austrália.

Abelhas noturnas podem aumentar em número nas próximas décadas

Não é novidade que as temperaturas do planeta estão subindo a cada ano. Portanto, as regiões tropicais estão ficando cada vez mais instáveis. Em geral, os dias ficam mais quentes e talvez essa seja a vantagem das abelhas noturnas. Elas podem se alimentar e reproduzir durante um período mais frio.

(Imagem de Pexels por Pixabay)

Ademais, isso pode ser importante para a polinização. Com a diminuição das populações de abelhas com hábitos diurnos, as abelhas noturnas podem assumir o espaço que está ficando vago. Assim, elas podem ser essenciais para a polinização nesse período de aquecimento do planeta.

Vale lembrar que muitas espécies de abelhas estão muito próximas da extinção. Isso está ocorrendo devido a diversos fatores. Sobretudo pelo aquecimento do planeta e pelo uso mal controlado de agrotóxicos. Assim, os mesmos pesticidas que combatem pestes no campo acabam matando polinizadores essenciais para a agricultura.

Ainda há o problema das doenças. Muitas comunidades de abelhas ao redor do mundo estão sofrendo com infecções de fungos. Entretanto, não se sabe exatamente o motivo de isso estar acontecendo e nem como evitar esse processo.

Identificando os hábitos de abelhas

Como dito antes, os estudos de abelhas noturnas ainda são muito vagos. Contudo, o grupo de pesquisadores responsáveis pela expedição comparou também imagens dos olhos de 68 espécies de abelhas. O objetivo era buscar características que indicassem hábitos noturnos. E eles encontraram.

(Dorey et al., Journal of Hymenoptera Research, 2020)

Abelhas adaptadas a ambientes com menos luz tendem a ter corpos maiores, para resistir melhor ao frio. Ademais, elas também possuem olhos mais receptivos à luz e corpos com cores mais claras. No estudo foram comprovados hábitos noturnos em duas abelhas nativas da Austrália: Reepenia bituberculata e Meroglossa gemmata.

Como afirmado pelos autores, a maioria das pesquisas com abelhas são feitas durante o dia. Todavia, essas pesquisas podem deixar de lado uma grande quantidade de espécies noturnas.

Não obstante, ainda são necessários mais estudos para entender os hábitos desses animais. Apesar de serem abelhas também, essas espécies noturnas podem ter papéis completamente diferentes das abelhas diurnas. Além do mais, ainda há espécies adaptadas a ambientes com pouca luz e a ambientes diurnos.

O artigo científico foi publicado no Journal of the Hymenoptera.



Fonte Socientifica

Postagens Relacionadas

Deixe um comentário

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Assumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar, se desejar. Aceitar Leia mais

Política de privacidade e cookies