in

Como os probióticos ajudam a perder peso e gordura abdominal


Os probióticos são microrganismos vivos que apresentam benefícios à saúde. Além disso, vários estudos sugerem que eles podem ajudá-lo a perder peso e gordura abdominal.

Eles são encontrados em suplementos e alimentos fermentados, melhoram sua função imunológica e saúde digestiva e cardíaca, entre outras vantagens.

Mas como os probióticos afetam o peso corporal?

Os métodos pelos quais os probióticos interferem ao perder peso e gordura abdominal ainda não são bem compreendidos. Porém, os probióticos parecem influenciar o apetite e o uso de energia por meio da produção de acetato, propionato e butirato. Esses são ácidos graxos de cadeia curta.

Também há estudos levantando a questão que certos probióticos podem inibir a absorção de gordura dietética, aumentando a quantidade de gordura excretada nas fezes.

pepinos em conserva são probióticos. (imagem: Pixabay)

Em outras palavras, eles fazem seu corpo “colher” menos calorias dos alimentos que você ingere. Determinadas bactérias, como as da família Lactobacillus, funcionam dessa forma.

Os probióticos também podem combater a obesidade de outras maneiras:

  • Liberação de hormônios reguladores do apetite: os probióticos ajudam a liberar os hormônios redutores de apetite, peptídeo-1 semelhante ao glucagon (GLP-1) e peptídeo YY (PYY).

    Portanto, níveis aumentados desses hormônios podem queimar calorias e gordura. Logo, estimulam o corpo a perder peso e gordura abdominal.

  • Níveis crescentes de proteínas reguladoras de gordura: nesse caso, os probióticos podem aumentar os níveis de proteína semelhante à angiopoietina 4 (ANGPTL4). Existe a possibilidade de isso levar à diminuição do armazenamento de gordura.

Fortes evidências ligam a obesidade à inflamação em todo o corpo. Assim, melhorando a saúde do revestimento intestinal, os probióticos podem reduzir a inflamação sistêmica e proteger contra a obesidade e outras doenças.

Os probióticos podem ajudá-lo a perder peso e gordura abdominal

gordura abdominal
(imagem: Pixabay)

Uma revisão recente de estudos bem elaborados sobre probióticos e perda de peso em pessoas com sobrepeso e obesidade sugere que eles ajudam na perda de peso e diminuem o percentual de gordura corporal.

Particularmente, os estudos descobriram que certas cepas da família Lactobacillus é que fazem esse papel. Em um estudo desses, comer iogurte com Lactobacillus fermentum ou Lactobacillus amylovorus reduziu a gordural corporal em 3-4% ao longo de 6 semanas.

Outra pesquisa com 125 pessoas com excesso de peso e que fazem dieta investigou os efeitos dos suplementos de Lactobacillus rhamnosus na perda e manutenção do peso.

As mulheres que tomaram os probióticos perderam 50% a mais de peso ao longo de 3 meses, em comparação com as que tomaram a pílula de placebo. Também continuaram a perder peso durante a fase de manutenção do estudo.

Mais um estudo bem desenhado foi feito com 114 adultos com obesidade. Eles receberam o probiótico Lactobacillus sakei ou um placebo por 12 semanas. Aqueles que tomaram o probiótico experimentaram diminuições significativas na massa de gordura corporal e na circunferência da cintura.

Ainda mais, alguns probióticos podem prevenir o ganho de peso, porque perdê-lo não é a única forma de combater a obesidade. Concluindo, prevenir o ganho de peso indesejado pode ser ainda mais valioso para evitar a obesidade. Portanto, em um estudo de 4 semanas, tomar uma formulação probiótica chamada VSL # 3 reduziu o ganho de peso e de gordura em pessoas que seguem uma dieta com 1.000 calorias extras do que é necessário por dia.



Fonte Socientifica

O que você acha?

Escrito por Alberto Lima

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

0

Mega-Sena pode pagar R$ 3 milhões neste sábado

Última fêmea fértil dos macacos de Guiné deu à luz