in

Como a TIM pretende monetizar pesquisas com a base de clientes


Anunciada nesta semana pela TIM, a realização de pesquisas junto à sua base de clientes deve ser uma nova fonte de receitas para a operadora, após começar como uma ferramenta de uso interno. No momento, a empresa já negocia o serviço com potenciais clientes.

“Nós começamos fazendo pesquisas internas e ‘profilando’ clientes, mas os resultados foram positivos e vimos que tinha aderência como um produto no mercado”, explicou o head de estratégia e transformação da TIM, Renato Ciuchini, em entrevista a TELETIME.

Segundo o executivo, um grande grupo do ramo de educação deve se tornar um dos primeiros clientes da solução, em acordo que deve ser anunciado nas próximas semanas; a ferramenta também é utilizada no âmbito da parceria da operadora com o C6 Bank. A vertical de pesquisas será o primeiro componente de uma nova área da TIM, voltada para a monetização de dados.

Permissão

No momento, cerca de 7 milhões de clientes autorizaram ser contatados pela ferramenta. Entre as enquetes já realizadas nos canais internos da operadora, uma média de 130 mil interações são registradas apenas no primeiro dia, alcançando 650 mil no curso de um mês. Ciuchini destaca que abordagens segmentadas também poderão ser utilizadas.

Pelas respostas, os usuários são normalmente brindados com bônus de Internet. Como a TIM estuda também a realização de enquetes mais longas (com dez perguntas, por exemplo), recompensas maiores também são avaliadas. “A plataforma permite não só gerar uma receita adicional, como também gerar valor para o cliente final“, afirma Ciuchini.

Carteira digital

Outra pesquisa já realizada a partir da nova ferramenta (cujo parceiro tecnológico é a Upstream) trata do mercado de carteiras digitais (e-wallets). A TIM é uma entusiasta de um modelo único do serviço reunindo todas as operadoras.

Ciuchini conta que os resultados foram animadores: 60% dos respondentes afirmaram já conhecer o conceito de carteiras digitais. Entre eles, 50% sinalizaram confiar em um produto do gênero lançado pelas operadoras, enquanto 61% classificaram a e-wallet como muito atrativa caso bônus de Internet sejam ofertados.

(Com informações adicionais de Mobile Time). 



Fonte Teletime

O que você acha?

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

0

Grêmio vence Bahia na abertura da 28ª rodada do Brasileiro

Santos e Boca Juniors empatam sem gols na Bombonera