Casa Saúde Campanha usa futebol para prevenir contra o câncer de próstata

Campanha usa futebol para prevenir contra o câncer de próstata

por Alberto Lima


Uma campanha inovadora, que apela para a maior paixão nacional no Brasil – o futebol – foi criada pela Fundação do Câncer em celebração ao Novembro Azul. A meta é convocar os homens a cuidarem da saúde e se prevenir contra o câncer de próstata. 

A iniciativa se reveste de importância depois que pesquisa da Sociedade Brasileira de Urologia (SBU) constatou que 55% dos homens deixaram de ir a consultas ou de seguir tratamentos médicos devido à pandemia do novo coronavírus.

Ao longo do mês de novembro, durante o Campeonato Novembro Azul, o Prevenção Atlético Clube, time da Fundação do Câncer, vai enfrentar nas redes sociais da entidade adversários que constituem fatores de risco para o câncer de próstata. São eles o F.C. Sobrepeso, Associação Atlética Idade +50, Má Alimentação United F.C., Clube de Regatas do Histórico Familiar e Sedentarismo Futebol Clube.

Já está nas redes da fundação o primeiro jogo, no qual o Prevenção Atlético Clube derrotou o Sedentarismo Futebol Clube. A analista de captação de recursos da Fundação do Câncer, Laís Gallier, disse hoje (19) à Agência Brasil, no Rio de Janeiro, que a meta é chamar a atenção do público-alvo, para quem o futebol é assunto constante de debate, sobre a atenção que deve ser dada à questão da saúde masculina. 

As partidas que serão realizadas durante toda a semana que vem e poderão ser acompanhadas no Facebook e no Instagram da Fundação do Câncer.

Cuidados com a saúde

“A campanha é online por conta da covid-19 e do distanciamento social. Ao criarmos o Prevenção Atlético Clube, a intenção é que os homens prestem atenção ao conteúdo e importância do cuidado com a saúde e levem essa mensagem para a vida”, comentou Laís.

Explicou que as partidas são narrados pelo repórter Evaldo José como se fossem disputas normais de futebol. O Prevenção Atlético Clube vai derrotar os times adversários com formas de combatê-los. No caso do Sedentarismo Futebol Clube, os jogadores usados pelo time da Fundação do Câncer que se destacaram foram musculação e corrida. 

“Todos os nossos jogadores são formas de combater esses adversários dos fatores de risco para o câncer de próstata e para a saúde do homem como um todo”, informou Laís.

Serão ao todo cinco jogos. Ela disse, ainda, que a ideia é que o time da casa vença todas as partidas, para mostrar que o campeonato contra os fatores de risco pode ser ganho com a prevenção. A exceção será o jogo contra a Associação Atlética Idade +50. Nesse caso, haverá empate. “A gente quer mostrar que mesmo que o homem esteja mais velho, ele pode ter saúde”.

Hábitos saudáveis

O diretor executivo da Fundação do Câncer, Luiz Augusto Maltoni, ressaltou que a campanha visa conscientizar o maior número de pessoas sobre a importância da adoção de hábitos saudáveis, que são a principal forma de prevenir diversas doenças, entre elas o câncer. “Estamos tratando um assunto da maior seriedade de forma lúdica, de forma a ampliar o alcance da nossa mensagem”, disse.

Segundo o Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva (Inca), o câncer de próstata é o segundo mais prevalente entre os homens, perdendo apenas para o câncer de pele não melanoma. O Inca estima cerca de 66 mil novos casos de câncer de próstata em 2020. Não há ainda como medir o impacto que a pandemia do novo coronavírus terá em termos de aumento de novos casos. 

Por isso, a Fundação do Câncer destaca que é importante que os homens estejam atentos aos sintomas que podem indicar o câncer de próstata e procurem um urologista. “As chances de cura do câncer de próstata são muito elevadas, acima de 90%, quando o tumor é diagnosticado e tratado precocemente”, afirmou o consultor médico da Fundação do Câncer, Alfredo Scaff.

Sintomas

Dificuldade de urinar ou o aumento da frequência urinária, principalmente durante a noite, são os principais sintomas decorrentes do aumento da próstata. Os especialistas advertem que apresentar esses sintomas não significa que o paciente tenha câncer. Mas os homens com idade acima de 50 anos devem estar atentos a eventuais sintomas urinários que fogem da rotina. Devem procurar ajuda de um urologista.

Para prevenir o câncer de próstata, a recomendação é evitar o sobrepeso, o sedentarismo, fazer uma dieta saudável, com baixa gordura, e muitos legumes e vegetais, além de praticar atividades físicas e fazer visitas frequentes ao médico. 





Fonte EBC

Postagens Relacionadas

Deixe um comentário

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Assumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar, se desejar. Aceitar Leia mais

Política de privacidade e cookies