Casa Ciências Aranha-lobo considerada extinta é encontrada em base militar britânica

Aranha-lobo considerada extinta é encontrada em base militar britânica

por Alberto Lima


Cientistas encontram no Reino-Unido uma rara espécie de aranha. Depois de uma vasta procura acontece o encontro com a aranha-lobo considerada extinta na região.

O encontro da aranha-lobo considerada extinta

Após dois anos de busca o cientista e gerente do programa Surrey Wildlife Trust, Mike Waite, encontrou a aranha-lobo (Alopecosa fabrilis). Até então considerada extinta no local, acharam a rara aranha em uma região de instalação de uma base militar do Reino-Unido. Entretanto, antes disso, a última vez que viram um espécime do aracnídeo no país foi há 27 anos, em 1993.

Segundo o The Guardian, essa espécie está criticamente ameaçada, mas ainda se encontra indivíduos em alguns locais da Europa, como nas dunas costeiras da Dinamarca e da Holanda. Dessa forma, Waite especula a possibilidade da espécie está vivendo “silenciosamente nas costas da Grã-Bretanha”.

O insistente cientista buscou em áreas que as aranhas costumam caçar. Assim, espalhou fotografias aéreas em áreas vazias da instalação militar. O encontro com o animal ocorreu depois de muitas noites com buscas sem sucesso.

O pesquisador entusiasmado comentou: “Assim que minha tocha caiu sobre ele, eu soube o que era. Fiquei exultante”.

Quem são as aranhas-lobo?

Também chamada de grande raposa-aranha, este aracnídeo mede 5 centímetros de comprimento, tem um corpo peludo cinza e marrom e é um caçador noturno.

(Aranha-lobo / Imagem: © Surrey Wildlife Trust)

Invés de produzir teias para atrair suas presas, elas fiam a seda para forrar “camas” em suas tocas durante a hibernação do inverno. Essas estratégias e características justificam o entusiasmo dos amantes de aranhas em ver essa espécie de animal.

De acordo com a Live Science o pesquisador declarou ao The Guardian: “É uma aranha linda , se você gosta desse tipo de coisa”.

A área de conservada

Uma extensa região do Ministério da Defesa em Surrey, de milhares de hectares, preserva a vida selvagem. O Surrey Wildlife Trust cuida da região não explorada afim de proteger a vida selvagem. O local é ótimo para para os animais porque é praticamente não alterado, sendo visitado apenas para os treinamentos do exército militar.

O chefe de serviços técnicos da Organização de Infraestrutura de Defesa, Rich Lowey, comentou: Em geral, o local protege da intensificação da agricultura e do desenvolvimento urbano, então agora fornece um santuário vital para muitas das espécies e habitats mais raros e ameaçados de extinção do país.” Assim, “muitas pessoas desconhecem o tamanho e a diversidade da propriedade de Defesa e sua enorme riqueza de vida selvagem”.

O local de encontro com as aranhas-lobo está sendo mantido em confidência pelos pesquisadores por segurança. Porém, a região ampara outras demais espécies de animais, como borboletas, lagartos, cobras e pássaros nativos.

Os próximos passos de Waite agora é continuar explorando a pesquisa para saber o tamanho da população de aranha-lobos no local.



Fonte Socientifica

Postagens Relacionadas

Deixe um comentário

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Assumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar, se desejar. Aceitar Leia mais

Política de privacidade e cookies